Marcelo Träsel pensando na vida

Se tivesse cursado direito, estaria fazendo o mesmo? Duvido. Estaria, ao contrário de agora, infeliz? Também duvido. Os acasos teriam me levado a descobrir outros prazeres. Talvez até maiores. Talvez menores. Impossível saber. Quiçá minha verdadeira vocação fosse ser pedreiro? Tanto faz. O importante é que sempre existem possibilidades ótimas, seja qual for o caminho, mesmo quando parece errado. Tudo que acontece é bom.

O Träsel está pensando na vida. Tire os detalhes pessoais, troque “jornalismo” por “publicidade”, inverta a parte sobre o mundo acadêmica e reduza a quantidade de mulheres fascinantes para Uma, e eu poderia ter escrito o mesmo texto.

This entry was posted in Pessoal. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>