Quando crescer quero ser igual à Denise Bottmann

A Landmark está processando a tradutora Denise Bottmann. O motivo, ao que parece, é que a Denise tem caráter para denunciar um plágio cometido pela Landmark:

A tradutora e blogueira Denise Bottmann, do site Não Gosto de Plágio, precisa de ajuda. Caçadora mais ou menos solitária de picaretas editoriais, está sendo processada pela editora Landmark, que pede ao juiz indenização mais a retirada de seu blog do ar – informa Alessandro Martins, do blog Livros e Afins. Tudo por ter denunciado que a tradução de “Persuasão”, de Jane Austen, lançada pela Landmark com a assinatura de um de seus proprietários, Fábio Cyrino, seria praticamente um xerox de uma antiga – e fraca – tradução portuguesa da lavra de Isabel Sequeira, até em seus numerosos erros. A blogueira Raquel Sallaberry, do Jane Austen em Português, também está sendo processada pela editora.

O blog da Denise é o Não Gosto de Plágio. Leiam ela. Divulguem. E nunca comprem nada da Landmark.

P.S.: Vale notar que a Denise não é a única processada; a Raquel, do Jane Austen em Português, também está sendo processada. Ela divulga um esclarecimento aqui.

This entry was posted in Fraudes. Bookmark the permalink.

7 Responses to Quando crescer quero ser igual à Denise Bottmann

  1. Raquel says:

    Filisteu
    obrigada.
    Ainda não recebi a notificação judicial mas publiquei uma nota de esclarecimento.

  2. Pingback: Editora Landmark processa a tradutora Denise Bottmann, do Não Gosto de Plágio « { Bibliophile }

  3. Mi Müller says:

    Olá Filisteu, ótimo post, e realmente a melhor ação que podemos fazer além da divulgação é nunca comprar nada da landmark!
    estrelinhas coloridas…

  4. Pingback: apoiodenise

  5. Pingback: Meia Palavra » Blog Archive » Blogueira é processada por editora

  6. Pingback: Editora Landmark processa a tradutora Denise Bottmann, do Não Gosto de Plágio |

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *