Atualizando um artigo recém-publicado

A revista Translatio publicou um texto meu, Uma análise da ferramenta de tradução assistida por computador OmegaT versão 2.2.0_2. A última seção do texto se chama “Por que esta análise já está obsoleta” e começa assim:

É preciso destacar que esta análise muito provavelmente não está examinando a última versão do programa. O OmegaT muda pouco de versão para versão, mas uma nova é disponibilizada quase que todos os meses, sempre com correções de bugs ou a adição de um ou outro pequeno recurso. (…)

O texto foi finalizado no começo de dezembro e a versão resenhada foi lançada na segunda metade de outubro. O que mudou desde então? Sete atualizações diferentes foram lançadas; o aplicativo está atualmente na versão 2.2.3. Desde então, localizações que eu menciono especificamente como antigas foram atualizadas e as funções acrescentadas incluem um filtro para memória TTX, uma interface para adicionar termos ao glossário pelo próprio programa e identificação visual de segmentos não-únicos. Enquanto isso, a equipe promete para 2011 uma nova versão do manual de instruções e a capacidade de usar múltiplas traduções para segmentos idênticos. Em suma, o texto não termina com essa seção por acaso.

Agora, hora de atualizar o Lattes. Vai que um dia serve para alguma coisa.

This entry was posted in Academia, Traduções. Bookmark the permalink.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>